14 de janeiro de 2014

O conluio

Mais uma prova de como nós, aqui do Assopramo, samos mesmo muinta bons. Reparem bem no instantâneo que as nossas maquinas camarograficas capturaram em filme parado. A história conta-se em duas palavras muito pequenas:
Joseph Pratas e Mixél Platimini, parsidentes da uefia e da fifia, respectivamente mas se calhar ao contrario, ficaram tão chateados por o azeiteiro Crisnaldo ter ganhado o Bálom Dior que deram ordens superiores ao melhor agente secreto que têm, para "recolher" o troféu antes que Crisnaldo o mostrasse a Sergio Ramos e este o deixasse cair debaixo de um autocarro em andamento, danificando-o de forma irreversível e irreparável.

O instantâneo momentâneo não deixa duvidas a ninguém. Até Pele estava metido no conluio, pensando que conseguia levar duas bolas para casa de uma vez, sem contar com o peito da Adriana Lima (Margarida Lima ou lá como se chama aquele avião).

Entre estantes, a FPF portuguesa já fez saber que vai tirar a braçadeira de capitão a Crisnaldo porque a ferdração tem contrato com os Azeites Gallo e Crisnaldo, à revelia da ferdração, usou Oliveira da Serra para as lágrimas de engrandecimento ao publico em geral (grande falha, não mencionou a loja de roupa da irmã! tinha sido uma excelente ocasião para fazer publicidade).

1 Comentários:

Blogger Ai Vale Bujas disse...

parto-me a rir sempre que vejo montagens com essa menina

21/1/14 4:06 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial