22 de março de 2013

Té dá gosto

Isto podia ser feito em posts separados, mas vou ajuntar já tudo.

Suposto post 1

Gosto de quando uma equipa pela qual estou a puxar (mesmo que minimamente), joga de tal maneira em altas que nem deixa uma pessoa respirar.

Há pouco, no Israel - Jorge Mendes Team, quando o Bruto Alves faz aquela magnifica exibição circense que oferece um canto aos israelitas mandei uma gargalhada tão audível que pensaram que eu era luxemburguês.
Logo de seguida dá-se aquela magnifica troca enamorada de olhares entre o mesmo Bruto Alves e o Rui Franguicio, num vais-tu-vou-eu-vamos-um-com-o-outro, enquanto o outro israelita voava como Jardel sem os centrais, para o terceiro golo quasi-arabe (em termos geográficos, calma).
Ainda estava eu a tentar recuperar da gargalhada anterior, na origem do canto, e estes gajos fazem uma destas... claro que ia ficando sem ar, de tanto rir!


Suposto post 2

Papa Bento deve andar com a orelhas a zunir, com o presidente Jorge Mendes a ralhar-lhe aos ouvidos. Então o Papa Bento tira o israelita Varela de campo (que ainda por cima é da Paulo Barbosa Team) e não mete em campo o Pizzi que além de ser jogador de futebol também é da Jorge Mendes Team. E mete o Vieirinha, que nem se sabe ao certo (ou pelo menos não consegui saber) por que Team joga...?

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial