19 de fevereiro de 2013

Ainda Edinho ou será "é Dão"...? Tinto e cheio!

Edinho continua a dizer que Jójus faltou ao respeito com a Académica.

A isso eu respondo: quem quer respeito dá-se ao respeito.*1
E acrescento: quem não se sente não é filho de boa gente (se calhar nem é bem o caso do Jójus, não sei, mas fica bem para o que eu pretendo dizer a seguir).*2

E digo isto porquê?
*1 - Aquilo que a Académica fez foi um autentico desrespeito ao espírito do que deve ser o futebol.
*2 - Acho perfeitamente normal que Jójus tenha saído em defesa do desporto que (tão enriquecidamente) lhe põe pão na mesa. Se toda a gente começa a fazer o mesmo que a Académica, os estádios esvaziam (ainda mais) e entra em colapso, por falta de audiências!

Como é que conseguem comparar o que a Académica fez com aquilo que fez o Manchésta O Naite em Madrid? É que, se bem me lembro, os ingleses além de marcarem um golo ainda tiveram pelo menos mais uma mão cheia de jogadas de perigo, tanto que o arbitro teve de acabar o jogo sem que se marcasse um canto contra os madridistas, não fosse o diablo tecê-las (vá, o red devil).
Já a Académica fez aproximadamente zero (ZERO) remates, arredondando para cima. E jogadas de perigo quase que chegaram a nenhumas, também arredondando para cima.

Edinho disse ainda que a Académica respeita os adversários quando estes lhes são inferiores... sinceramente, não me lembro de um adversário do Benfica ter mostrado ser inferior a ESTA Académica, portanto só pode ser um cenário imaginário...

Edinho? Não, decididamente é Dão...

1 Comentários:

Anonymous Abelourinha disse...

Boa Posta.eheh

21/2/13 12:46 da manhã  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial