29 de abril de 2009

O carnaval já passou

Rui Costa foi castigado com um mês e multa de 1250 euros. Isto porque, e passo a citar,

Rui Costa desrespeitou ou usou “expressões, desenhos, escritos ou gestos injuriosos, difamatórios ou grosseiros” para com “os membros dos órgãos da estrutura desportiva, elementos da equipa de arbitragem, dirigentes, jogadores, demais agentes desportivos ou espectadores”.


Acho muito bem. Se os factos estão provados, ele não está acima de ninguem e como tal deve ser castigado. Já agora, o castigo impede-o de ir para o banco, pelo que li... realmente é sitio onde muito se tem visto ele, no banco. Se dissessem no tunel ou na bancada...


Não se percebe é o porquê de Paulo Bento ter pago 500 euros de multa (e nada mais) por não ser reincidente, por ninguem ver os sinais que faz a partir do banco (apesar de até serem transmitidos em directo nas televisões) ou por ninguem ouvir sistemáticamente as suas conferências de imprensa pós-jogo (quer ganhe o jogo ou não).
Já agora, o seu presidente (Filipe Soares Drunk, o tal que não é candidato, mas talvez seja numa eleições que de eleições pouco ou nada ameaçam ter) usou, literalmente o termo "roubo" para uma cadeia de rádio nacional e ainda não lhe vi nenhum castigo ser aplicado. Cá estaremos à espera (sentados ou não) para que o desfile do Carnaval de Loulé volte a passar.

500 euros... acho bem. Pena que o Carnaval já foi.

2 Comentários:

Blogger Costureirinha Maravilha disse...

Quem diz a verdade não merece castigo...

Para mim, ridículo é os treinadores (ou dirigentes) serem castigados por falarem a verdade e os árbitros, que se €nganam (para não dizer roubam, senão tu castigas-me), que prejudicam equipas e que alteram resultados ficarem impunes, ganharem o deles e continuarem a estragar os jogos por esse país fora! Isso sim, para mim é estupidez!

29/4/09 11:22 da manhã  
Blogger pitons na boca disse...

Pois eu acho que merecem castigo. Não sempre, mas se dizem certas "verdades" têm de as provar, senão sofrem as consequencias.

O Pedro Silva tinha razão sobre não fazer penalty? Pois tinha, mas daí a não castigar as suas acções posteriores vai um longo caminho.

O Diego Souza arrisca-se a apanhar 3 anos de castigo e, se fores ver, ele até tem "razão". Mas essa "razão" não pode justificar ou desculpar tudo e mais alguma coisa (se bem que sou contra as penalizações que lhe querem dar - 2 a 3 jogos era mais que suficiente, mas parece que há umas leis diferentes no Brasil, extra-futebol).


O presidente do teu clube usou a palavra "roubo". Não achas grave?
Lembro então todos os que ficaram chocados e insultados quando o Petit e o N.Gomes afirmaram que os jogadores do Rio Ave pareciam dopados. Nessa altura caiu o Carmo e a Trindade, "castigue-se quem profere tais acusações sem provas"... e agora?

Já agora diz-me lá quantas vezes vês alguem ser expulso de um jogo, ser castigado e esse castigo não contemplar nenhum jogo na bancada. ;)


Sobre as arbitragens, é dificil dizer. Talvez a profissionalização fosse o melhor caminho, para eles sentirem mais na pele os efeitos de alguns dos seus "erros", mas a incompetencia actual é tanta que já nem sei...

29/4/09 12:06 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial