5 de agosto de 2013

Importa é cortar na casaca (pós-jogo contra o João Paulo)

Isto a respeito de Cortez.

Há um mês que vejo malta a chamá-lo de flop e, pior ainda, de Emerson. Acho até que ele ainda nem jogava no Flamengo e já havia malta do Benfica a dizer "este lateral que vamos buscar daqui a uns anos é mesmo um flop".
O que importa, na realidade - uma realidade alimentada pela fantasia, claro está - é falar mal, e quem acha o contrario passa automaticamente a "seguidista" ou "vieirista" ou "carneirada". Parece ser isto, hoje em dia, o universo benfiquista dos dias que correm.
A cegueira fantasiosa é tal, na ânsia de falar mal, que se inventam erros que não existem, extrapolam-se outros que aconteceram 1 ou 2 vezes - tomando-os como habituais e reincidentes -  ou ignorando as correcções que já se fizeram, em relação aos 4 primeiros dias que passou com o plantel do Benfica.

Já vi malta a dizer que defende muito ao centro dando a linha ao adversário, para umas palavras depois se dizer que posiciona-se mal, muito junto à linha, para depois dizer que "não fecha ao meio quando a bola está no flanco oposto e assim liberta espaço para o extremo adversário" - por maior contra-senso que isso possa parecer (e é). Não se faz muito sentido quando se acusa alguém de defender muito ao centro para depois dizer que se defende muito à linha.

Nos últimos dois dias vi então uma enxurrada de dedos acusatórios benfiquistas, apontando ao lateral esquerdo a culpa dos dois golos sofridos contra o João Paulo (como parecia o Toni chamar aos brasileiros, nos comentários durante o jogo).
E não posso estar mais em desacordo. No primeiro golo, Cortez está colocado como lhe é obrigatório, posicionando-se de forma a tentar evitar um passe para as suas costas junto à linha lateral. A haver culpas, terão de ser imputadas a Garay, que foi comido em velocidade. Se Cortez tem o central atrás de si a tapar o avançado adversário, então o lateral deve fechar a linha - evitando que o tal avançado apareça na diagonal para centrar para uma area com os centrais desposicionados - e porque o passe mais central deverá estar tratado pelo Garay. É claro que o ideal era o passe nem sair, mas qual é o lateral que corta todo e qualquer passe adversário? Acho que muito benfiquista não quer um lateral esquerdo, quer antes um ser qualquer omnipresente que não existe no mundo real.

A atribuição de culpas ao Cortez no segundo golo é, então, prova cabal do que acabei de dizer. Dizem que Cortez já não devia estar ali, ignorando completamente que o gajo que marca o golo ESTÁ FORA-DE-JOGO. O erro não é do Cortez, é do fiscal de linha! É escusado dizerem que Cortez tem a culpa de "não ter saído mais cedo" se ele tinha saído o suficiente para o golo não ser validado.

Não digo que é o melhor lateral do mundo e arredores. Mas está longe de ser tão mau como dizem. E com o tempo, os treinos e o entrosamento com o colegas parece-me ter boas probabilidades de dar certo.

Há algum prémio que eu não conheça, para os benfiquistas que queimam jogadores seus logo na pré-época?

2 Comentários:

Blogger zorg disse...

Eu acho que o Cortez veio tapar o buraco deixado pelo falhanço da contratação do Luisinho, não veio para disputar já a titularidade e, por isso, veio por empréstimo. Se, ao contrário do Luisinho, manifestar capacidade de aprendizagem e for capaz de se integrar nos processos defensivos do Benfica (que são relativamente complexos), então será uma opção válida e provavelmente será contratado. Se não for capaz, vai-se embora no fim da época e nunca mais ouviremos falar dele.

Em qualquer dos casos, neste momento, o defesa esquerdo titular do Benfica deverá ser o Melgarejo que, se sair, tem de ser substituido por alguém com capacidade para ser já titular.

16/8/13 5:06 da tarde  
Blogger pitons na boca disse...

Não concordo minimamente com quase a totalidade desse comentário, sendo uma delas a apreciação do valor actual do Cortez.
Alguém pintou o cenário de que ele seria completamente incompetente a defender e muita malta engoliu sem mastigar.
Como fez aquele erro no primeiro jogo da pré-epoca, dois dias depois de cair cá de para-quedas, estava o circo montado para criarmos mais um Emerson, pouco cagando para o gajo que lá está agora a jogar.

Opiniões... e fico-me por aqui.

16/8/13 5:12 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial