24 de setembro de 2012

Só pode

...no meio disto tudo, a unica forma de perceber o porquê desta adoração que tenho pelo futebol é pensar que nos anos 80 o Xistrema e o polvo que o comanda não se fazia sentir tanto.




Moral da história pré-eleições: folgo em saber que, se o Orelhas não tivesse apoiado o Fernando Facturas (decisão que nunca hei-de entender nem apoiar), tínhamos ganho o jogo de ontem. O que é que uma coisa tem a ver com a outra? Nada. Eu sei, tu sabes, eles sabem, nós sabemos...  enfim, toda a gente sabe. Mas é um argumento que está a ser muito usado nas ultimas horas, quando falam do jogo de ontem. Com que intuito? Também sabemos, nem é preciso dizer.

Outra coisa inteligente que vi em adeptos do meu clube é apontarem armas ao Cardozo, à saída do estádio. Sim, porque ele fez de propósito em atirar à barra, ou fez de propósito para rematar de maneira que o GR defendesse para o poste... cambada de... BAH!


Quanto ao Xô Xistra, não lhe desejo nada de mal. Só espero sinceramente que ele tenha o azar de, numa noite escura, se encontrar num beco sem saída e rodeado por 25 ministros sedentos de lhe fo#$%## a regueifa à força toda e a sangue frio.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial