24 de maio de 2012

Cada um chama-lhe o que bem entender

Há sotaques e sotaques. E toda a gente sabe que há países onde, por força da língua-mãe,  há mais dificuldades em acertar com línguas estrangeiras (mais notório quando se trata da língua inglesa). Os espanhóis e os brasileiros nisso são uns artistas.

Não pude deixar de rir quando ouvi um brasileiro referir-se ao treinador do Bayern Monchique, chamando-o de

Chupí Ainquíssi!

1 Comentários:

Blogger LDP disse...

Heish...a tv italiana é pródiga nisso...Rónai, Pétché (Petr Cech) ou Rubéne são apenas alguns exemplos.

24/5/12 3:49 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial