11 de janeiro de 2012

Por túneis de Portugal!

I’m back biatches!!!!

Primeiro que tudo gostaria de pedir desculpa à minha segunda entidade patronal por esta ausência mas a primeira, que só têm primazia devido ao aspecto financeiro, têm apertado bastante comigo. Mais ou menos como os defesas têm apertado com o Mochilas. Sei que dá despedimento por justa causa mas acho que os nossos “accionistas” (três leitores) não levam a mal.

Segundo, explicar o que me leva a voltar a escrever. Não, não é a quebra de bons resultados que o Sporting tinha vindo a conseguir. Também não é o facto de já estarmos a 8 pontos do primeiro nem o fim da Casa do Putedo. São os túneis…

Nunca fui muito dado à cultura, nem às leis, nem arquitectura… Nunca fui muito dado a coisa nenhuma, excepção feita à minha primeira vizinha quando vim para Lisboa. A velhota sabia o que fazia.

Isto para quê? Uns e para não dizerem que não concretizo (fabuloso skecth dos Gatos) Benfica podem dizer que foi a arma secreta de o ultimo campeonato que venceram. Outros, Porto foi o que foi com intimidações, quinhentinhos, cafés, frutas, varões e varizes, etc. E eu lixado por ainda não exisitir o famoso túnel de Alvalade. Até tinha referido num post anterior como deveria ser decorado õ acesso ao balneário adversário. Decidiram envergar por outra postura, muito mais descarada de intimidação. Fotografias!!! Quais stewarts, capangas ou bardajonas. Fotografias!! Cambada de meninos!!!

P.S. – Visto que vou mudar de casa queria pedir encarecidamente ao Público, à Liga, Uefa, Fifa e à Julia Pinheiro para darem uma mãozinha a fazer a mudança e a decorarem a dita cuja. Assim não podem dizer que recorro a ilegalidades e ajuda a matar o tempo, que pelos vistos têm de sobra…

Etiquetas: , , , , ,

2 Comentários:

Blogger pitons na boca disse...

É pá! Saúdo o regresso e espero que as férias na Eritreia tenham sido boas.

O texto é que achei um bocado confuso. Perdi-me a seguir a "biatches" mas continuei a ler. Houve para ali um ressurgimento de atenção quando pareceu-me ter lido "Casa do Putedo", mas segui em frente por pensar que foi erro meu. Mas adorei a partir do "bardajonas". Aliás, "bardajonas" é palavra que devia aparecer em todos os textos publicados por esse mundo fora. E devia ser dita em voz alta pelo menos 3 vezes em cada espaço noticioso das nossas televisões.

Sobre as mudanças, a minha namorada imaginária diz para ligares a uns gajos da SicMulher (não deveria ser "a umas gajas"?) que parece que fazem a decoração à borla.

Vais-te mudar para casa da velhota tua vizinha? :D

12/1/12 10:54 da manhã  
Blogger Quim Berto disse...

Bardajona, word of the day!

12/1/12 12:03 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial