19 de janeiro de 2010

Se adivinhasse o Euromilhões...

Parece que eu adivinhava, na caixa de comentários ali em baixo, quando disse que ia rir-me à farta, nestes dias.

Como se não bastasse as teorias sobre o Marítimo - Benfica, apareceu também uma teoria sobre o Porto - Paços, de que o Falcao teria marcado o golo do empate com a mão.
Mas quanto a isso já lá vamos.

Começo pelo jogo do Benfica, mais que não seja por ser o meu clube.
O Benfica não jogou nada de especial. Até estava a ter alguma dificuldade em criar jogadas de ataque, até que criou uma e marcou (ao quarto remate). Até aqui acho que não há nada a apontar.
Depois começa o circo das perseguições.

lance1 - Olberdam é expulso por palavras ao arbitro. Alguem sabe o que foi dito, tirando talvez 6 ou 7 pessoas dentro do campo? Eu não. É raro expulsar alguem com vermelho directo por palavras ao arbitro? É, sim senhor, mas não é a primeira vez. Um detalhe: uma coisa é ver o amarelo por discutir com o arbitro uma decisão sua, outra coisa será insultá-lo (ou alguem da sua familia).
Como entramos no campo das hipoteses, já sei como funciona isto, portanto ficamos todos assim, como sempre, aliás: os "beneficiados" ficam na duvida se houve ou não razão para vermelho. Os restantes ficam com a certeza que o Olberdam não terá dito nada mais que "se fosse ao contrário o Sr. arbitro não apitaria essa falta" (e que, o cartão vermelho é um roubo de... caldeirão dos Barreiros).

lance2 - falam de um penalty do Maxi. Ora bem, a bola é metida para o meio pelo Baba a menos de meio metro do Maxi, este tem o braço esticado para baixo e não faz qualquer movimento para voluntariamente cortar a bola. Esta bate-lhe nos dedos e (surpresa das surpresas) até é isso que permite ao Baba ficar com a bola à sua mercê para fazer o remate perigoso. Não há mão na bola, mas sim bola na mão. Já sei que em Portugal, desde a primeira jornada, desde que toque na mão alguns adeptos mais cegos (ou será menos conhecedores das leis do futebol?) começam logo a gritar que levaram um tiro.

lance3 - o Di Maria entra em campo com autorização do arbitro quando a BOLA ESTÁ AINDA NO LADO CONTRARIO DO RELVADO. Ninguém adivinha que o gajo do Maritimo vai fazer uma mudança de flanco, milésimos de segundo depois do arbitro dar ordem de entrada. O lance seguiu com um penalty e vermelho que só deixa duvidas a quem não viu (ou não quis ver).

O lance do penalty sobre o Aimar ou o golo do Luisão nem vou discutir. Com o jogo decidido e um texto que já vai longo vou deixar passar.



Do jogo do Porto só vi o resumo, mas há uns lances engraçados.
Não acho que o lance do B.Alves aos 7 minutos seja alguma coisa do outro mundo. Há um encontrão no adversário que lhe estava a apertar os calcanhares, mas não mais que isso.

Há quem fale de um lance do Varela, a pisar um jogador pacense. Duvido que tenha havido intenção (mas tambem acho que o mesmo se passou com o D.Luiz em Olhão, mas estar a tentar demonstrar isso à maioria da malta que povoa os blogs é como meter burros a olhar para palácios).

Deu-me gozo foi o Beluschi a fazer o lançamento de linha lateral. Isto depois do que o mundo portista (na sua grande maioria) disse do Di Maria ter despoletado os acontecimentos do tunel de Braga.
Se aquilo não é agressão é o quê? Um lançamento de linha lateral normal? As leis permitem o jogador pacense de estar ali àquela distancia e mesmo que não permitissem não deixava de ser agressão com bola.

Depois disto tudo, sim, existe um golo mal anulado ao Porto. Sobre isso tambem não há grandes duvidas.

Depois vem o capitulo mais engraçado disto. Dizem uns que o Falcao marcou o golo do empate com a mão. Outros apressaram-se a injuriar quem o afirmou e daí nasceu uma cena bem engraçada, com fotos em mais fotos e imagens e filmagens e sei lá que mais, do lance em questão.

Uma imagem engraçada, vista das costas de quem ataca mostra Falcao com uma mão junto à cabeça, aquando do remate. Terá sido com a mão? Terá sido com a cabeça? Depois alguem aparece com essa mesma imagem mas não se vê a mão junto à cabeça, mas sim com o braço dobrado para baixo, em direcção ao chão. E foi esta ultima imagem que me fez rir. Levantei então a suspeita que seria uma "obra de arte de photoshop", alguns levaram isso a sério e prontificaram-se a fazer crer que tal coisa é impensável.
Pois então aqui fica uma montagem minha, com essa imagem inalterada e com uma parte realçada, com e sem alteração minha.
Para rirem um bocadinho... não acham que quem fez o trabalho "original" deveria ter tido mais cuidado com os detalhes? É que eu acho que os detalhes da direita (de minha autoria, feito em qualquer coisa como 5 minutos) são bem mais credíveis que os da esquerda.




Já agora deixo outra imagem, para tirarem as vossas conclusões sobre se o braço estava junto à cabeça ou a apontar em direcção ao chão.



Aproveito para dizer que, de todas as imagens que vi (seja em filme, em fotos, em desenhos animados) nada me garante que tenha sido com a cabeça ou com a mão. Fiquem com a vossa opinião.

Nota: acabei por não conseguir dizer que achei uma fantochada o penalty do primeiro golo do Braga, mas como eles nunca foram beneficiados neste campeonato...

Nota 2 - e o que me tenho rido por esses blogs fora, nestes últimos dois dias! Isso ninguém me tira. :)

5 Comentários:

Anonymous Alex F. disse...

Olá, boa tarde,

Desta vez não vim cá para fazer comentários, Deus me livre e guarde de tal, mas para deixar um pedido de ajuda.

Como não tenho tido muitos palácios para olhar ultimamente, perdi algum tempo a tentar enquadrar a jogada da "agressão com bola" do Beluschi, na Leis do Jogo (na versão disponibilizada no site da Liga), e, muito honestamente, não consegui.

Dás-me uma ajuda. Obrigado

27/1/10 2:02 da tarde  
Blogger pitons na boca disse...

"Faltas passíveis de expulsão

Um jogador, um suplente ou um jogador que tenha sido substituído deve ser expulso do terreno de jogo (cartão vermelho) quando cometa uma das sete faltas seguintes:

(...)
* tornar-se culpado de conduta violenta;

(...)

Conduta violeta

Um jogador torna-se culpado de conduta violenta se actua com força excessiva ou violência contra um adversário quando não estão a disputar a bola.

Torna-se igualmente culpado de conduta violenta se actua com força excessiva ou violência contra um colega de equipa, um espectador, um elemento oficial do jogo ou qualquer outra pessoa.

Um acto de conduta violenta pode acontecer no terreno de jogo ou fora dele, quer a bola esteja ou não em jogo."

, in site da LPFP - Leis do Jogo, Lei 12 "Faltas e Incorrecções"


É claro que aquele lançamento de linha lateral contra a cara do adversário foi normalíssimo, sem a mínima intenção de lhe acertar, como se pode ver pelas imagens do ângulo que se quiser.

Mas, tendo em conta as interpretações que são feitas das demais leis do jogo, passando pela diálise "mão na bola vs bola na mão", ou mesmo o jogo perigoso activo dentro da área, podes interpretar como bem entenderes.

Já tanto se me dá.

27/1/10 7:04 da tarde  
Anonymous Alex F. disse...

Também era a hipótese que me parecia mais viável.

Tás a ver, acho que estás a exagerar. Até estamos de acordo nalguma coisa!

28/1/10 10:30 da manhã  
Blogger pitons na boca disse...

Estamos de acordo?

Agora não percebi. :)

28/1/10 12:06 da tarde  
Anonymous Alex F. disse...

"Também era a hipótese que me parecia mais viável".

O que é que achas?

28/1/10 2:23 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial