20 de novembro de 2008

"Samba pa ti" e p'a quem vier a seguir

Não deixa de dar que pensar.
Portugal mete (e bem) o 1º, o 2º e o 3º melhores jogadores do mundo em campo, e mesmo assim sai goleado pelo Brasil. Não se percebe como é que, tendo esses 3 melhores jogadores do mundo, o técnico português mete os três a jogar precisamente na mesma posição, durante o jogo todo. Na minha óptica, podia ter posto o Cristiano na direita, o Ronaldo na esquerda e aquele madeirense (que não me lembro do nome, mas joga em Inglaterra, no Man Utd) na frente de ataque, assim não se atrapalhavam uns aos outros.

Por outro lado, se um jogo bastasse para aferir comparações directas entre jogadores referentes a uma mesma posição, acho que o Luisão teria saído claramente a ganhar no confronto com o jogador português que quase vale por um defesa. Estou a falar, evidentemente daquele, do... como é que se chama… Pepe Alves, isso.

Paulo Ferreira apenas fez o que se espera dele, nem mais (porque não sabe) nem menos (porque é difícil fazer menos), e esta noite até o Quim se decidiu a juntar-se ao pagode (talvez por causa do jogo ser no Brasil) e lá deu um pezinho de dança, com pelo menos golo e meio à sua conta.

A partir de hoje acho que podemos deixar de nos referir aos jogadores mais recuados de Portugal como defesas, mas sim como rotundas: basta receber a bola, contornar e seguir caminho…

Etiquetas: , ,

3 Comentários:

Blogger Interior-Direito disse...

Dizem que a história não se repete, mas ontem esteve quase: uma equipa de Queiroz levou seis, vendo o adversário penetrar em velocidade na faixa esquerda completamente deserta. Será que João Moutinho também chorou, como nesse dia de Maio de 1994?

21/11/08 12:41 da manhã  
Blogger pitons na boca disse...

lol

Bem visto. Nem me tinha lembrado de tal coisa. 14 de Maio de 1994

21/11/08 1:52 da manhã  
Blogger EntradàVirilha disse...

Até tremo só de me lembrar disso...

21/11/08 7:00 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial